02 abril, 2008

Entenda a difrença entre Memória RAM e HD

Muita gente confunde a memória com o armazenamento. Muito dessa confusão ocorre pelo fato dos dois utilizarem o mesmo tipo de identificação de quantidade numérica: megabyte (da sigla MB) ou gigabyte (da sigla GB).

Memória é a quantidade de RAM que seu computador tem e que utiliza para trabalhar e atender as solicitações feitas ao processador. A cada tarefa que você pede a inicialização em sua máquina, a RAM é acionada.


Já o armazenamento refere-se ao espaço que existe em seu disco rígido para guardar os arquivos e programas.

A memória é volátil, ou seja, cada vez que o computador é desligado, o que estava alocado nela se perde. O espaço de armazenamento, não —ele é físico e, uma vez gravado, só se perde se for apagado por você.



Como a memória RAM trabalha para o computador?

Ela é utilizada para guardar temporariamente aplicativos e arquivos necessários para uma função requisitada ao processador.

Como isto acontece? Falando de maneira simplificada, ocorre o seguinte: quando você abre um programa como, por exemplo, um editor de texto e solicita um arquivo, os dois se alocam no espaço da memória RAM.

Assim o processador se preserva de ter de ficar indo até o HD buscar as informações para o trabalho —e isso realmente acelera o processo. Para que você tenha uma idéia, o processador de um computador padrão leva 200 nanossegundos para acessar a RAM, enquanto o acesso ao HD leva 12 milhões de nanossegundos.

Assim, se RAM não existisse, uma operação de 3 minutos e 30 segundos levaria 4 meses e meio para ser executada somente pelo HD.

No exemplo, além do editor de texto e do arquivo trabalhado, o sistema operacional e outros periféricos e dispositivos internos (como teclado, placa de vídeo e de rede) também estão colocados temporariamente na RAM, e executam tarefas utilizando seu espaço.

Fonte: UOL

5 comentários: